Ensino

Doutorado Acadêmico em Saúde Pública

Últimos Editais
Acessos Rápidos

  • Sobre o Doutorado Acadêmico em Saúde Pública

    O Curso de Doutorado em Saúde Pública foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em dezembro de 2002 e teve início em 2003. É recomendado pelo Ministério de Educação/MEC por meio do Conselho Nacional de Educação/CNE (Portaria MEC 1.077, de 31/08/2012, publicada no DOU em 13/09/2012), com conceito 4. Esse é o segundo curso do Norte-Nordeste e atrai candidatos não só de Pernambuco, mas também de outros estados. O curso tem por objetivo a formação de pesquisadores com habilidades para conduzir pesquisas em áreas específicas e de docentes para o ensino superior. Estruturado nas áreas de concentração “Epidemiologia e Controle de Agravos à Saúde” e “Políticas de Saúde”, o programa contempla dez linhas de pesquisa que englobam projetos na área de saúde pública.

    O curso estimula a produção e publicação de trabalhos científicos através de auxílio à produção científica, bem como através de convênio estabelecido entre a Fiocruz e a editora BioMed Central, que tem por objetivo incrementar a produção dos docentes, juntamente com seus orientandos, em revista de alto impacto. O curso também estimula a participação de alunos no programa de doutorado sanduíche, através da Capes, ou de convênios realizados com universidades estrangeiras para esse fim, como é o caso da University of Pittsburgh. Este último tem por objetivo incentivar a mobilidade e cooperação internacional entre grupos de pesquisa, docentes e pós-graduandos de mestrado e doutorado junto à University of Pittsburgh, no âmbito do Programa Global de Formação em Pesquisa sobre Doenças Infecciosas da University of Pittsburgh (Pitt GIDRTP). O referido Programa é um projeto financiado pelos Institutos Nacionais de Saúde (NIH) que apoia o treinamento em laboratório e em aspectos epidemiológicos de doenças bacterianas e dengue.

    O curso tem duração de 48 meses, em regime de tempo integral, sendo as disciplinas obrigatórias e eletivas distribuídas durante os dois primeiros anos. Estas devem estar em consonância com o plano de estudos do doutorando, definido conjuntamente com seu orientador.

    As vagas são oferecidas aos profissionais de nível superior da área de saúde e afins, que tenham, preferencialmente, título de mestre. As inscrições para a seleção do doutorado acontecem anualmente, no segundo semestre. O número de vagas é definido em função da disponibilidade de orientação do corpo docente.