Institucional

Fiocruz PE sedia reunião do Consórcio Nacional de Coortes de Zika

Publicado em 03 de Outubro de 2019

O Consórcio Nacional de Coortes* de Zika (Crianças e Gestantes) se reuniu nessa terça e quarta-feira (1 e 2/10) na Fiocruz Pernambuco. Estruturado dentro da Rede Nacional de Especialistas em Zika e Doenças Correlatas (Renezika), reúne 22 grupos de pesquisas, provenientes de todas as regiões do país. As equipes que o integram foram selecionadas através de Chamada Pública, realizada em 2016, pelo Ministério da Saúde.  A Renezika é coordenada pelo Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (Decit/SCTIE/MS).

 

“A criação do Consórcio veio atender a uma necessidade do Ministério da Saúde de agregar dados mais robustos e realizar uma análise mais profunda dos dados colhidos pelos diferentes grupos de pesquisas de coorte com crianças e gestantes afetadas pela Zika, em todo o país”, explicou Karlos Diogo Chalegre, coordenador da Renezika. Com o Consórcio, protocolos e instrumentos de pesquisa são compartilhados; instrumentos de pesquisa e variáveis harmonizados, permitindo a análise combinada de diferentes estudos; e protocolos são estabelecidos. “Os resultados obtidos pelo grupo têm subsidiado o Ministério da Saúde no desenvolvimento de protocolos de Atenção e de Vigilância à Saúde, bem como na criação e promoção de Políticas Públicas voltadas para a Zika”, concluiu Chalegre.

 

O Consórcio Nacional de Coortes de Zika é liderado pelo pesquisador Ricardo Ximenes (na foto, em pé), do Grupo de Pesquisa da Epidemia da Microcefalia (MERG), que também trouxe boas notícias. “A análise final dos dados vai ocorrer nos próximos meses e esperamos muito em breve publicar os resultados do Consórcio”, declarou. O coordenador afirmou também que a iniciativa poderá ter continuidade - embora isso não estivesse previsto inicialmente no projeto - face à sua importância no fortalecimento tanto do vínculo entre os pesquisadores como da participação dos brasileiros nas redes internacionais.

 

 

* Estudos de coorte são o tipo de estudo que observa a incidência de uma doença ou por uma situação clínica por um período de tempo, em grupos da população.