Institucional

Um dia de celebração dos 70 anos do IAM

Publicado em 02 de Setembro de 2020

Os eventos em celebração aos 70 anos do Instituto Aggeu Magalhães / Fiocruz Pernambuco, abertos na manhã de hoje (02/09), foram marcados por memórias afetivas, reconhecimento do trabalho desenvolvido pela instituição e um grande congraçamento. Mesmo com a distância necessária nestes tempos de pandemia, as comemorações foram capazes de emocionar aqueles que fizeram e fazem parte da história dessa respeitada instituição de ensino e pesquisa. Mais de 160 pessoas acompanharam simultaneamente a transmissão ao vivo do evento, que já obteve mais de 511 visualizações no Youtube e inúmeras mensagens de congratulações.

 

Foto Asfoc PE

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade e o governador do estado Paulo Câmara prestigiaram a solenidade ao lado do diretor do IAM, Sinval Brandão Filho, na sala Sérgio Arouca do Instituto, de onde foi feita a transmissão. Os secretários estaduais de Saúde, André Longo e de Ciência e Tecnologia, Lucas Ramos, também estiveram presentes, assim como o coordenador de Vigilância em Saúde e Laboratórios de Referência da Fiocruz, Rivaldo Venâncio, a coordenadora-geral adjunta de Educação da Fiocruz, Eduarda Cesse e os vice-diretores de Pesquisa, Ensino e Gestão do IAM.

 

O governador Paulo Câmara considerou muito oportuno aproveitar a celebração de hoje para poder planejar e discutir melhor o futuro da ciência, da tecnologia, da inovação e o fortalecimento de institutos como o Aggeu Magalhães. Para ele, mais à frente, quando a história da atual pandemia for contada, será destacada a importância da Fiocruz, do Instituto Aggeu Magalhães e de tantas instituições sérias que ajudaram o Brasil a sofrer menos num momento tão difícil.

 

Brandão Filho, ao abrir o evento, declarou que “todas as gerações que construíram esta casa tiveram foco na resposta a problemas de saúde que incidiam aqui no estado e para o enfrentamento de novos desafios que apareceram ao longo dessas sete décadas”. O diretor traçou uma linha do tempo da história da instituição, desde seus primórdios, mostrando imagens, personagens e marcos dessa trajetória. Sua apresentação foi finalizada com o lançamento do livro “IAM: 70 anos de Pesquisa e Ensino para a Saúde”, que reconstrói esse período por meio dos testemunhos de pesquisadores, docentes e gestores, além de documentos e fotografias. Organizada por Brandão Filho e pelos ex-diretores Eridan Coutinho (gestora de 1993 a 1997) e André Furtado (gestor de 1986 a 1993), a publicação está disponível gratuitamente para download no site do IAM. (Acesse aqui mais informações sobre a obra)

 

Em seguida, os ex-presidentes da Fundação Oswaldo Cruz Akira Homma, Carlos Morel, Paulo Gadelha e Paulo Buss trouxeram suas visões sobre a trajetória e perspectivas futuras do Instituto Aggeu Magalhães, num webinário que foi finalizado com a exposição da atual presidente Nísia Trindade. “O Instituto Aggeu Magalhães, nossa Fiocruz Pernambuco, tem contribuído de uma forma marcante para todos os programas de âmbito institucional da Fundação e eu quero registrar aqui o meu agradecimento a todos os trabalhadores, estudantes, colaboradores, em um momento no qual é tão importante valorizar as instituições e valorizar o servidor público”, ressaltou a presidente.

 

 

A programação prossegue agora à tarde, a partir das 14h30, com o webinário que discutirá o papel do IAM no desenvolvimento científico e na saúde pública no Nordeste e no Brasil. Serão palestrantes, o vice-diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), Jarbas Barbosa; a economista Tânia Bacelar, o professor da Universidade da California - Davis, Walter Leal e os pesquisadores da Fiocruz PE Celina Turchi e Ernesto Marques. O pesquisador e ex-diretor da instituição André Furtado fará a mediação do encontro.

 

Assista a íntegra do evento em https://youtu.be/AKMR7NZOWGc