Pesquisa

Infraestrutura de Pesquisa

O Instituto Aggeu Magalhães / Fiocruz — PE conta com seis departamentos de pesquisa, estruturados com uma infraestrutura de alto nível para desenvolvimento das pesquisas realizadas na Instituição. Para conhecer a infraestrutura do IAM, navegue no conteúdo abaixo:


  • Biotério Central

    O Biotério Central do Instituto Aggeu Magalhães é composto por três setores: criação, experimentação e o biotério de Nível de Biossegurança 2, que criam, fornecem e mantêm animais de experimentação para atender às demandas internas da instituição. Para informações sobre os procedimentos de utilização das plataformas dos biotérios e formulários, acesse a área de documentos abaixo.

    Saiba Mais +

  • Laboratório NB3
    Reconhecido pelo Ministério da Saúde, o laboratório de Biossegurança de Nível 3 (NB-3) do IAM é equipado para fornecer alta segurança aos profissionais de saúde envolvidos em trabalhos de pesquisa, diagnóstico e produção de insumos que exigem a manipulação de agentes biológicos da classe de risco 3, causadores de doenças graves ou potencialmente letais aos indivíduos pela fácil transmissão por via aérea. Pelas condições de segurança exigidas para a manipulação de qualquer microrganismo responsável por agravos à Saúde Pública, pode ser considerado instrumento de segurança nacional em casos de bioterrorismo e representa, portanto, o fortalecimento da vigilância epidemiológica em todo o País.
    Inaugurado em março de 2004, o Laboratório de Nível de Biossegurança 3 (NB 3) do IAM integra a Rede Nacional de Laboratórios de Saúde Pública com o objetivo de prestar serviços para o Ministério da Saúde. Suas atividades científicas concentram-se nas áreas de peste e tuberculose. O NB-3 representa um salto qualitativo no manuseio de material virulento, na produção de antígenos e na elaboração de novas pesquisas. No local, estão sendo feitos, para a peste, diagnóstico, produção de imunobiológicos e análise molecular da bactéria Yersinia pestis, causadora da doença. No Laboratório de Nível de Biossegurança 3 são realizados ainda, estudos moleculares de cepas resistentes de Mycobacterium tuberculosis, microrganismo causador da tuberculose.
    Para executar os trabalhos laboratoriais, o pesquisador pode contar com os seguintes equipamentos: autoclave de barreira horizontal, cabines de segurança biológica, estufas bacteriológicas, incubadoras de CO2, centrífugas refrigeradas, ultrafreezers, refrigeradores e liofilizadores.

Departamento de Entomologia 

  • Insetário

    Conta com doze salas, onde são executadas atividades de manutenção das diferentes colônias, estudos comportamentais, estudos populacionais, de interação vetor-parasito, de susceptibilidade de populações naturais de culicídeos e de verificação de atividade de produtos larvicidas.

    Acesse  

  • Laboratório de Entomologia

    O laboratório do Departamento de Entomologia do Instituto Aggeu Magalhães está equipado para desenvolver estudos biológicos, morfológicos, bioquímicos, genéticos e moleculares voltados para culícideos vetores, com ênfase para os gêneros Culex e Aedes. O espaço físico é formado por uma área comum dotada de bancadas de trabalho bancadas de equipamentos, armários de material de consumo, além de salas individuais destinadas a freezers e refrigeradores, extração de ácidos nucleicos, preparação de reações de PCR, eletroforese e foto documentação, além de espaço para os procedimentos em capelas de exaustão e fluxo laminar.

Departamento de Imunologia

  • Laboratório de Imunoepidemiologia

    O Laboratório de Imunoepidemiologia (LIE) está envolvido em projetos que visam estudar diversos aspectos relacionados à transmissão e epidemiologia da malária e tuberculose, utilizando ferramentas moleculares. Além disso, desenvolve e valida testes moleculares para malária e tuberculose (nessa doença também se pretende estudar testes sorológicos e genotipar cepas isoladas).

  • Laboratório de Imunogenética (LIG)

    O Laboratório de Imunogenética (LIG) desenvolve atividades relacionadas ao estudo de mecanismos envolvidos na regulação da resposta imune humana frente a exposição a agentes infecciosos, na presença de doença autoimune e neoplasias, com foco no estudo de polimorfismos genéticos, e dos mecanismos celulares envolvidos na expressão diferencial de moléculas relacionadas a resposta imune, e a resposta ao tratamento. Está envolvido em projetos de desenvolvimento de testes moleculares e imunológicos para diagnóstico, caracterização de risco e de prognóstico, e avaliação de resposta ao tratamento de câncer e diagnóstico de infecções associadas.

  • Laboratório de Imunoparasitologia

    O Laboratório de Imunoparasitologia (LIMP), ligado ao Departamento de Imunologia da Fiocruz Pernambuco, desenvolve projetos visando a validação e desenvolvimento de testes diagnósticos imunológicos e moleculares para doença de Chagas e leishmanioses; o estudo da resposta imune na doença de Chagas, e leishmanioses animal e humana; a identificação de antígenos relevantes de T. cruzi e Leishmania spp. para diagnóstico e imunoterapia; a epidemiologia e a ecoepidemiologia das leishmanioses; entender a biologia de vetores e hospedeiros reservatórios de Leishmania. O LIMP abriga o Laboratório de Referência no Diagnóstico da Doença de Chagas e o Laboratório de Referência em Leishmanioses do Instituto Aggeu Magalhães / Fiocruz Pernambuco.

  • Laboratório de Imunopatologia e Biologia Molecular

    O Laboratório de Imunopatologia e Biologia Molecular (LIBM) desenvolve pesquisas em doenças infecciosas e parasitárias de importância em saúde pública, com o objetivo de contribuir para gerar conhecimento e controlar essas doenças.

Departamento de Microbiologia

  • Laboratório Principal

    Laboratório Principal, situado no andar térreo do Bloco B do IAM (253 m2), e pelo Laboratório Anexo, situado no primeiro andar do mesmo prédio (70 m2). O Laboratório Principal abriga a maior parte das pesquisas do departamento e o Laboratório de Sorologia do Serviço de Referência Nacional em Peste (SRP). O Laboratório Anexo sedia os trabalhos em Biologia Celular de Tripanosomatídeos e Projetos de gerenciamento de resíduos do IAM.

Departamento de Parasitologia

  • Laboratório de Biologia Celular e Molecular

    O Laboratório de Biologia Celular e Molecular atua em pesquisa e docência na área de ultraestrutura, biologia celular e molecular, além de imunologia de invertebrados (Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores), contribuindo para um melhor entendimento da interação parasito-hospedeiro.

  • Laboratório de Doenças Transmissíveis

    O Laboratório de Doença Transmissíveis do Instituto Aggeu Magalhães desenvolve atividades integradas de ensino, pesquisa e consultoria nas áreas de doença infecciosas e parasitárias, tais como: HIV/Aids, dengue, esquistossomose, filariose, hepatites virais, leptospirose, leishmaniose visceral, parasitoses intestinais, toxocaríase e tuberculose.

  • Laboratório de Esquistossomose e do Serviço de Referência em Esquistossomose

    O Laboratório de Esquistossomose do Departamento de Parasitologia dispõe de uma bem equipada infraestrutura de laboratório e de campo, com corpo técnico especializado em malacologia, parasitologia e epidemiologia da esquistossomose.

  • Laboratório de Leishmaniose

    O Laboratório de Leishmaniose do Departamento de Parasitologia realiza estudos relacionados aos aspectos biológicos, epidemiológicos e clínicos da leishmaniose humana e animal, suas relações e ocorrências em seus hospedeiros e os processos de desenvolvimento da doença.

  • Laboratório de Mutagênese

    O Laboratório de Mutagênese desenvolve experimentos in vitro e in vivo, visando pesquisar o potencial mutagênico e/ou genotóxico de compostos químicos e biológicos (fármacos, inseticidas, agrotóxicos e tantos outros aditivos e conservantes), que possam induzir um processo de malignidade, interferindo na Saúde e no meio ambiente.

  • Laboratório do Serviço de Referência em Filariose

    O Serviço de Referência em Filariose conta com instalações de ambulatório para desempenhar atividades de atendimento clínico, ultrassonográfico e urológico. As atividades laboratoriais são desenvolvidas nos laboratórios do Departamento de Parasitologia. O serviço trabalha em colaboração com os vários departamentos da instituição.

Departamento de Saúde Coletiva (NESC)

O departamento de Saúde Coletiva (NESC), possui uma infraestrutura de ensino e tecnologia bem ampla, atuando de forma aplicada junto a sociedade. Para melhor desenvolver seus estudos, o departamento se subdivide em laboratórios e observatórios diversos que propõem uma construção coletiva através da reflexão e da imersão do ser social. 

Departamento de Virologia e Terapia Experimental (LAVITE)

  • Laboratório de Virologia e Terapia Experimental

    O laboratório de Virologia e Saúde experimental, desenvolve estudos pré-clínicos direcionados a validação de produtos biológicos, desenvolvimento de vacinas e estudos moleculares de doenças emergentes.